top of page

Da raiz ao fruto: trabalhos a campo respaldam desempenho de nova plataforma de bioestimulantes

De acordo com a Sipcam Nichino, num dos estudos realizados o bioestimulante Blackjak® incorporado ao manejo da lavoura elevou a produtividade de milho em cerca de 15 sacas por hectare: de 71,6 sacas/ha, em área não-bioestimulada, para 91,5 sacas/ha. Neste caso, o lucro aferido atingiu R$ 1.185/ha, segundo informa a companhia.


Posts recentes

Ver tudo
bottom of page