Molécula inseticida de ponta tem registro estendido para mais 11 culturas, inclusive ‘minor crops’

Introduzido no mercado no final do ano passado, o inseticida Ohkami®, da Sipcam Nichino, conquistou em pouco tempo o tomaticultor brasileiro, pela eficácia comprovada no controle da traça-do-tomateiro (Tuta absoluta). O produto, que alcança índices representativos de comercialização, obteve agora a extensão do registro nos órgãos oficiais brasileiros. Conforme a companhia, o inseticida já pode ser aplicado em mais 11 cultivos, para manejo de outro alvo de difícil controle: a traça-das-crucíferas (Plutella xylostella).

De acordo com o engenheiro agrônomo Eric Ono, pesquisador da Sipcam Nichino, o desenvolvimento do inseticida Ohkami®, pela Nichino do Japão, teve como objetivo o manejo de pragas de alta complexidade, a exemplo da traça-do-tomateiro e da traça-das-crucíferas. “Ohkami® conta com uma nova molécula e um novo modo de ação. O inseticida age por contato e ingestão sobre lagartas. Adicionalmente, controla ovos (ação ovicida) e evita a oviposição de ovos férteis por mariposas (ação transovariana). Trata-se de produto diferenciado, que auxilia nas estratégias de manejo integrado ao conseguir quebrar o ciclo de desenvolvimento da traça.”

Para mais detalhes, acesse o link: https://www.portaldoagronegocio.com.br/agroindustria/agrotoxicos-e-defensivos/noticias/protecao-de-cultivos-molecula-inseticida-de-ponta-tem-registro-estendido-para-mais-11-culturas-inclusive-minor-crops

Posts recentes

Ver tudo