top of page

Greening avança para 50% das áreas de SP e MG em 2024 – 2025

O avanço do greening no cinturão citrícola de São Paulo e Minas Gerais, está entre as causas da prevalência de preços baixos nos últimos anos para a caixa de laranja. Baixas cotações desmotivaram os produtores que deixaram de investir no controle da praga, causando uma ‘explosão’ do inseto psilídeo-dos-citros (Diaphorina citros), vetor do greening.

A análise é do engenheiro agrônomo, entomologista e consultor Gilberto Tozatti, da Tozatti Citrus Consulting. Especialista em citricultura, membro do GCONCI – Grupo de Consultores em Citros, Tozatti calcula que na safra em andamento o greening deverá avançar de 38% para, possivelmente, mais de 50% dos pomares do cinturão citrícola.


Sabendo da atual situação do setor produtivo, a Sipcam Nichino mobilizou equipes a campos e desenvolveu uma nova estratégia para manejo eficaz da praga, ancorada no inseticida Fiera® e no acaricida Fujimite®.

Leia o artigo completo através do link e para saber mais sobre as soluções Fiera® e Fujimite ®️, entre em contato com o nosso time comercial.

Posts recentes

Ver tudo

תגובות


bottom of page