Fungicida Domark® Excell entrega excelência no controle de oídio e ferrugem, segundo pesquisas

Com a safra de trigo em andamento no Brasil, a equipe técnica da Sipcam Nichino avalia como altamente eficaz uma estratégia de controle das doenças oídio e ferrugem recomendada pela empresa. Pesquisadores apontam o oídio, a doença causada pelo fungo Blumeria graminis, entre as de maior risco às lavouras de trigo, com potencial para ocasionar perdas de rendimento que podem chegar a 60% da produção. Segundo a empresa, diversas cultivares do País são hoje suscetíveis à doença.

Já a ferrugem-da-folha (Puccinia triticina), possivelmente a mais conhecida doença da triticultura, pode comprometer cerca de 50% de uma lavoura.

Conforme José de Freitas, engenheiro agrônomo da área de desenvolvimento de mercado da Sipcam Nichino, nos últimos três anos a empresa realizou estudos envolvendo o produto em áreas do Paraná e do Rio Grande do Sul, com a participação de pesquisadores e instituições como Agrotecno Research, Fundação ABC, 3M Experimentação, CCGL, CPA-Copacol, CWR-EEACG, FAPA, Instituto Agris, G12 Agro, Embrapa Trigo, Protscience, Tagro e outras. Nessas ocasiões, diz Freitas, o fungicida surpreendeu aos especialistas e também aos produtores que aplicaram o produto.

“Domark® Excell registrou o maior índice de controle do oídio, da ordem de 90%, no estudo feito no Paraná. Vale destacar que essa doença constitui hoje a mais desafiadora da cultura”, acrescenta Freitas. “Além de evitar danos, o fungicida manteve o trigo com alto potencial produtivo na região de Arapoti, que geralmente ultrapassa a produção de cinco toneladas do grão por hectare.”

Para mais detalhes, acesse o link: https://revistacampoenegocios.com.br/fungicida-domark-excell-entrega-excelencia-no-controle-de-oidio-e-ferrugem-segundo-pesquisas/

Posts recentes

Ver tudo