top of page

Bioestimulação da cana aumenta perfilhos e contribui na longevidade do canavial

Um dos estudos focado no bioestimulante Blackjak®, comparou o produto a tratamentos padrão do produtor, com objetivo de analisar o número de perfilhos decorrente dos tratamentos, bem como o enraizamento e a longevidade potencial de áreas cultivadas.

“Comprovadamente, o investimento do produtor no manejo fisiológico da cana traz ganhos representativos”, destaca Gabriel Villela, engenheiro agrônomo, da área de desenvolvimento de produto. Segundo ele, em parte das áreas nas quais Blackjak® foi observado, os tratamentos trouxeram entre 19 e 20,43 perfilhos de cana por metro, “acima dos indicadores do chamado tratamento-padrão nesses locais”.

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page